Texto: Carolina Octaviano

Eduardo Gurgel do Amaral, diretor do Parque Científico e Tecnológico da Unicamp, falou hoje, 12 de junho, na Comissão de Ciência e Tecnológica (CCT) do Senado Federal. Com o tema “Desenvolvimento Regional por Intermédio dos Parques Tecnológicos”, ele levou à reunião a experiência da Unicamp no que tange à atração de empresas, além de abordar os desafios para a consolidação do Parque da Universidade.

Na audiência pública, ele falou sobre as características que compõem o Parque e a consolidação de um ecossistema de inovação local e expôs números referente à geração de empregos por meio da instalação de laboratórios de Pesquisa e Desenvolvimento neste espaço, que, atualmente, já chega a 336 postos de trabalho. “A ideia é, por meio do parque científico e tecnológico, trazer empresas para dentro da Unicamp, auxiliando no desenvolvimento econômico e social da região. A Unicamp é responsável por 15% de toda pesquisa realizada no Brasil e tem um potencial enorme para avançar ainda mais em termos de inovação”, afirmou.

Contudo, ele destacou que ainda há um caminho das pedras para a viabilização do Parque Científico e Tecnológico da Unicamp. “O conhecimento só funciona se virar inovação. É necessário que haja uma interação entre os vários atores que compõem o contexto da inovação, entre eles empresas, universidade. O ambiente tem que promover essa interação”, frisou. Como forma de reforçar o modelo de Parque Científico e Tecnológico no país, Gurgel falou ainda sobre a necessidade de desburocratização e incentivos para atração do setor privado. ““Se parques são estratégicos, eles precisam ter uma legislação específica”, comentou.

Também participaram da Audiência Pública: Elso Alberti Júnior, diretor de desenvolvimento de negócios do Parque Tecnológico de São José dos Campos; Jorge Luís Nicolas Audy, superintendente de inovação e desenvolvimento da PUC do Rio Grande do Sul; Sheila Oliveira Pires, superintendente Executiva da Associação Nacional de Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadores (Anprotec); e Rodrigo Romão do Nascimento, diretor adjunto do Parque Tecnológico Metrópole Digital.

Confira a apresentação do Diretor do Parque Científico e Tecnológico da Unicamp aqui.

Assista à audiência completa aqui: