Texto e Fotografia: Vanessa Fujihira

Com o objetivo de agregar mais qualidade e eficiência a projetos de exploração e produção de petróleo e gás, a startup Solpe desenvolve softwares de otimização e avaliação de reservatórios, englobando soluções nas áreas de geoengenharia, análise petroquímica de rochas e simulações de campos de petróleos. A empresa e suas inovações em melhoria de processos fazem parte da programação do BIN@SP 2016 - Business and Innovation Networking, sétima edição do evento internacional que ocorrerá nos dias 7, 8 e 9 de novembro em São Paulo e visa o networking de acadêmicos e parceiros industriais na promoção boas práticas e geração de oportunidades em Inovação e Negócios.

Carlos Barreto, diretor-executivo da Solpe, explica que uma boa avaliação de um campo de petróleo depende de ferramentas que auxiliem na metodologia de decisão, como ferramentas para avaliação econômica e análise de risco. “Apesar de existir no mercado um amplo leque de mecanismos que executam diversos procedimentos na área, em geral essas ferramentas são criadas para resolver problemas específicos de determinadas empresas, regiões ou países, não sendo facilmente adaptadas para a solução de outros problemas”, destaca o sócio sobre o diferencial da empresa.

Ele afirma que, devido à alta complexidade desse tipo de avaliação, existem áreas dentro na indústria de exploração e produção de petróleo que ainda não possuem ferramentas computacionais para resolução de problemas, potencializando a atuação da Solpe também nesses nichos. “Nossas propostas têm o objetivo de auxiliar engenheiros e usuários a executar procedimentos de avaliação internos de sua empresa, com foco na personalização das ferramentas, e também na inclusão de procedimentos que ainda não estão padronizados ou desenvolvidos na área”, completa.

Questionado sobre a inserção da startup na BIN@SP, Barreto acredita que será um grande oportunidade para discussão sobre o setor de petróleo e gás com investidores, colaboradores e representante da indústria e para coleta de feedback de seu produto. A empresa foi convidada a participar do evento através da seleção de projetos do programa PIPE (Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas) da Fapesp e estará presente na área de exposição nos três dias do BIN@SP.

Para mais informações sobre a Solpe, confira a página da empresa em http://www.solpe.com.br/.

 

Sobre o BIN@SP

O BIN (Business & Innovation Network) é um espaço informal de discussão e cooperação que reúne indústria, academia e setor público em prol da criação de um fórum sustentável para o compartilhamento de boas práticas e oportunidades em inovação e negócio. O fórum, que está em sua sétima edição, é uma iniciativa conjunta da Universidade do Porto, da Universidade Estadual de São Paulo e da Universidade de Sheffield. Em 2016, o evento anual ocorrerá no campus da USP nos dias 7, 8 e 9 de novembro.

Para inscrição gratuita e programação do evento, acesse: https://paginas.fe.up.pt/~binsp2016/.