Originalmente publicado no Eldorado.

Com mais de 21 anos de existência, o Instituto tem trabalhado em diversos projetos de apoio à geração de informações e ao tratamento da Covid-19.

 

Em meio à pandemia do Novo Coronavírus, o Instituto de Pesquisas ELDORADO tem buscado compreender as necessidades de empresas, hospitais, universidades e órgãos públicos, a fim de desenvolver soluções inovadoras com a mais alta tecnologia.

“Estamos executando, com apoio da EMBRAPII, projetos inovadores na área de Manufatura 4.0 visando aumentar  a eficiência e a produção da indústria local de ventiladores e respiradores pulmonares. Também temos trabalhado no desenvolvimento de soluções em software e permanecemos com nosso parque laboratorial disponível para testes e ensaios de produtos eletromédicos destinados ao tratamento da Covid-19”, afirma José Eduardo Bertuzzo, executivo do Instituto.

Unidade EMBRAPII

Em parceria com a empresa Braile Biomédica, o Instituto está desenvolvendo um equipamento médico com tecnologia totalmente nacional para auxiliar o tratamento dos pacientes que sofrem de insuficiência respiratória aguda, condição causada em casos graves do novo vírus. Trata-se de um projeto em conjunto com a EMBRAPII – Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial – a qual o ELDORADO é credenciado há 4 anos, sendo apto a desenvolver projetos de inovação para a área de equipamentos médicos.

Também como Unidade EMBRAPII, o Instituto se uniu à Constanta para ampliar a produção de respiradores no país e suprir a demanda do Ministério da Saúde. O ELDORADO está automatizando a linha de fabricação da empresa, que é responsável pela manufatura da Intermed. Com a tecnologia, o potencial de produção da fábrica passará de quatro para 110 equipamentos por dia.

Projetos

O ELDORADO também tem trabalhado em outro equipamento para monitorar a pressão invasiva, temperatura e SpO2, em parceria com uma indústria local. Em software, utilizando o skill em Inteligência Artificial (IA), Analytics, Cloud, entre outros, o ELDORADO desenvolveu uma Alexa Skill com perguntas e respostas frequentes sobre o Novo Coronavírus. A plataforma, construída com dados do Hospital Israelita Albert Einstein e do Ministério da Saúde, permite que os usuários acessem a localização de posto de saúde mais próximo. Ela também realiza um mapeamento das áreas afetadas, gerando mapa de calor e predição, por meio de IA.

Em apoio ao “Telessaúde”, serviço de orientação por telefone realizado por alunos voluntários dos cursos de medicina e enfermagem da Unicamp, o Instituto está desenvolvendo uma solução em software na web para que os residentes possam registrar os atendimentos. A plataforma também permite a construção de gráficos com os dados recebidos, como faixa etária do paciente, localização e sintomas. Assim, os alunos conseguem registrar as informações de forma ágil e também realizar um mapeamento de informações geradas para que, posteriormente, essas possam ser correlacionadas com os dados do próprio Hospital das Clínicas.

Laboratórios e Testes

O Instituto ELDORADO também participa de uma ação junto à Associação Brasileira de Avaliação da Conformidade (ABRAC) com apoio do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), na qual disponibiliza seu complexo laboratorial para a realização de testes em Compatibilidade Eletromagnética sem custo, voltados a equipamentos eletromédicos que serão usados para combater a pandemia. Saiba mais aqui.

Experiência

Com mais de 20 anos de experiência, o ELDORADO se destaca na aplicação de recursos envolvendo a tecnologia em prol da saúde e do bem-estar dos indivíduos. Desta forma, a inteligência artificial auxilia no suporte a diagnóstico precoce, comandos de voz operam equipamentos a distância, soluções com wearables auxiliam na monitoração e manutenção da saúde, realidade aumentada e virtual se integram em treinamentos remotos e capacitação de profissionais. O Instituto entende que, em um mundo em transformação acelerada, a absorção de novas tecnologias torna-se inevitável e, neste momento, sua capacidade em ajudar a criar novas formas de relacionamento com pacientes adquire enorme importância.

“Nós investimos fortemente na capacitação de nossos profissionais, para que assim possamos atuar com linhas de fomento específicas para esse setor, promovendo soluções inovadoras que vão desde equipamentos médicos para otimização dos centros cirúrgicos ao desenvolvimento de sistemas focados no aprimoramento de processos que impulsionam os trabalhos nessa área”, finaliza Bertuzzo.