Por Kátia Kishi

A Universidade leva tecnologias do setor e apresenta o Laboratório de Inovação em Biocombustíveis, que está com edital aberto para instalação de empresas

Do dia 20 a 23 de agosto, a Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) estará com estande na Fenasucro & Agrocana 2019, o único evento no país exclusivo para área de bioenergia e que nesta edição ocorre em Sertãozinho, no interior de São Paulo.

Representada pela Agência de Inovação Inova Unicamp, durante a feira será possível conhecer as tecnologias da Universidade na área de biocombustíveis, disponíveis para licenciamento, além das empresas que desejam firmar projetos de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) com a Unicamp tirarem suas dúvidas e conhecerem a possibilidade de ocupar o recém-inaugurado Laboratório de Inovação em Biocombustíveis (LIB), prédio que integra o Parque Científico e Tecnológico da Unicamp.

Com 3 andares e o diferencial de um pé direito triplo, destinado para instalação de planta piloto com equipamentos de grande porte, o LIB está com edital aberto para ser ocupado por empresas que desejam firmar parcerias colaborativas com a Universidade, pioneira nas pesquisas da área, explica Mariana Zanatta, gerente do Parque Científico e Tecnológico.

A gerente ainda complementa que “empresas que firmam projetos de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) realizados em parceria com uma universidade inovadora e de ponta, como a Unicamp, têm mais capacidade e recursos para fazer chegar ao mercado produtos inovadores, que podem até alavancar a economia nacional, no que se diz respeito aos biocombustíveis”, analisa.

Entre as empresas do agronegócio presentes no evento, também participa do estande a Agricef, empresa-filha da Unicamp que atua com soluções customizadas para otimizar a produção agrícola, gerando valor para os seus clientes. Segundo Efraim Albrecht, gerente operacional da empresa, a Agricef atua no agronegócio, nos mais diferentes setores, desenvolvendo máquinas e equipamentos, auxiliando empresas a avaliar seus processos ou produtos por meio de ensaios e prestando serviços operacionais que vão do plantio a colheita, como a plantadora de mudas exposta durante a feira.

A feira é aberta ao público visitante e acontece entre 13h e 20h, até a próxima sexta-feira.