Em busca de empresas interessadas, startup agora precisa validar modelo de negócio

Texto: Carolina Octaviano

Uma tecnologia de inteligência artificial para leitura precisa de documentos que promete maior rapidez e confiabilidade na extração de informações é a aposta da startup NeuralMind, empresa-filha da Unicamp alocada no Vértice. Com ampla aplicação e utilizando conceitos de Deep Learning, o sistema pode ser utilizado ainda para verificação de documentos, garantindo a precisão e redução de erros de leitura, para sistemas de cadastros e manutenção de informações.

Além da diminuição do tempo de análise de documentos, a tecnologia é interessante, num segundo momento, para automatização do preenchimento de formulários, por exemplo. “A tecnologia é capaz de efetuar o reconhecimento automático de documentos diversos tipos, como jurídicos, pessoais, comerciais e administrativos, permitindo classifica-los e extrair informações deles, mesmo em condições complexas de fundo, iluminação, entre outros. Ela é capaz, por exemplo Ela é capaz, por exemplo, de ler uma CNH ou uma procuração, extraindo-se diferentes informações que se desejar”, explica Patrícia Toledo, sócia-fundadora da startup.

A empresa foi aprovada para o PIPE Empreendedor, iniciativa da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) que buscar a maior sustentabilidade comercial das propostas já aprovadas no Programa Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas (PIPE). Agora, a startup precisa ouvir empresas interessadas na tecnologia para validação do modelo de negócios. Interessados na tecnologia, e que desejem participar da pesquisa ou conhecer os produtos oferecidos pela empresa, devem encaminhar e-mail para contato@neuralmind.ai.

Para saber mais sobre a startup, acesse: http://neuralmind.ai/