Texto: Vanessa Fujihira

Sensores de movimento e óculos de realidade virtual prometem trazer mais interatividade para as sessões de fisioterapia e de reabilitação física. Buscando solucionar o problema de desmotivação e evasão dos pacientes, bem como a falta de ferramentas para o monitorar os históricos de suas avaliações físicas e de movimento, a empresa BIOXTHICA desenvolveu uma plataforma de software que utiliza tecnologia de reconhecimento de movimentos corporais para registro e análise de dados pelos terapeutas. A plataforma estará exposta no 3º Fórum InovaCampinas, evento que ocorrerá nos próximos dias 21 e 22, no Instituto Agronômico de Campinas.

“A solução provê informações ao terapeuta que permitem o monitoramento do avanço do paciente, e consequentemente, uma melhor análise em relação às decisões de quais técnicas serão aplicadas no decorrer do tratamento, aumentando a eficiência na reabilitação”, afirma o Dr. Alexandre Brandão, fundador da BIOXTHICA. Com o paciente à frente dos sensores, o software captura seus movimentos, mapeando as principais características físicas e dificuldades do paciente e enviando as informações ao profissional de saúde. Segundo ele, os terapeutas atualmente não possuem ampla oferta de equipamentos acessíveis e precisos para o monitoramento do histórico de avaliações, atividades e progresso dos pacientes, utilizando muitas vezes ferramentas sujeitas a erros operacionais ou de alto custo, apenas disponíveis em grandes laboratórios de biomecânica.

Brandão explica que a plataforma também permite que os sinais de entrada provenientes dos movimentos corporais sejam utilizados para controlar ambientes de Realidade Virtual, que, através da associação de atividades interativas a estímulos motores e cognitivos, oferecem maior motivação aos pacientes durante o tratamento. “A plataforma proporciona entretenimento nas atividades terapêuticas, transformando movimentos comuns usados na reabilitação em exercícios gamificados, lúdicos e interativos”, completa.

Em um dos jogos, o e-House, o paciente acopla sensores em suas pernas e, através de um óculos de realidade virtual, é convidado a explorar situações vivenciadas em um ambiente residencial, passeando por uma casa repleta de desafios e atividades e, assim, estimulando movimentos necessários para tarefas cotidianas.

A BIOXTHICA estará presente no Fórum no dia 20 de outubro, a partir das 14h, onde apresentará a tecnologia desenvolvida ao mercado. “Nossa solução é de grande potencial para geração de valor no setor da Saúde, tanto no aumento de eficiência na reabilitação do paciente, quanto no auxílio à comunicação e agilidade nos processos de fisioterapia”, finaliza Brandão.

Para mais informações sobre a startup, acesse: https://www.incamp.unicamp.br/portfolio_page/bioxthica/

 

Serviço:

3º InovaCampinas – Fórum Regional de Inovação e Desenvolvimento Sustentado

20 e 21 de outubro

Auditório do Instituto Agronômico de Campinas (IAC)

Mais informações: http://inovacampinas.org.br/

Inscreva-se gratuitamente: http://inovacampinas.org.br/#inscrevase

 

A 3º edição do InovaCampinas é realizada pela Fundação Fórum Campinas Inovadora em parceria com a Unicamp e conta com o patrocínio da Prefeitura de Campinas, da Desenvolve SP, da FAPESP, da Terras de Barão Empreendimentos e da Somorelate.

Apoiam o evento o IAC, o Grupo RAC, o V8 Startups, o LIDE, a Inova Unicamp, o CIESP Campinas, o CRC&VB, a Associação Campinas Startups, a Incamp, a IMA (Informática de Municípios Associados), a ANPEI, o SindusCon SP, o Núcleo Softex Campinas, a Baita Aceleradora, a Innova Ventures Participações, o Movimento 100 Open Startups e a Rede Global do Empreendedorismo de Campinas.