A startup Reuse criou um sistema de rastreabilidade para conectar a cadeia de reciclagem

O Brasil é o 4º maior produtor de lixo plástico do mundo e apenas 1,2% desses resíduos passam pelo processo de reciclagem. É isso que aponta o estudo “Solucionar a Poluição Plástica: Transparência e Responsabilização”, realizado pela World Wide Fund for Nature (WWF) em 2019.

Com o objetivo de transformar esse cenário, Mariana Souza, Átilla Graciano, Jéssica Alves e Murilo Aires fundaram em março de 2020 a Reuse, startup que busca viabilizar o reuso e a destinação correta de embalagens de plástico rígido.

A Reuse - que atualmente está em fase de construção do mínimo produto viável (MVP) - também foi recém-incubada na Incubadora de Empresas de Base Tecnológica da Unicamp (Incamp) em agosto e está rapidamente amadurecendo como empresa, explica Mariana Souza, uma das sócias fundadoras.

“A incubação trouxe estrutura e robustez para o nosso processo de desenvolvimento. A Inova e a Incamp nos ajudam guiando a organização das atividades para que possamos atingir nossos objetivos de uma maneira mais rápida e orgânica. Isso sem contar no peso que tem o nome da parceria com a incubadora da Unicamp”, afirma Mariana Souza, formada em Engenharia Mecânica pela Unicamp, sobre as expectativas para a incubação.

A solução criada pelos empreendedores baseia-se em um sistema de rastreabilidade que utiliza um código de identificação único nas embalagens plásticas. Conectando a cadeia de reuso a partir do uso de um aplicativo móvel e de tecnologia blockchain, a Reuse retorna as embalagens de forma que possam ser reutilizadas pelas indústrias, as quais irão  utilizar essas embalagens em seus processos como se fossem embalagens novas.

“A ideia é tornar as embalagens retornáveis. Ou seja, nós só as enviaremos para reciclagem após serem reutilizadas o máximo número de vezes”, explica Souza sobre o foco de atuação da empresa.

Além da Reuse, também foram recém-incubadas na Incamp as empresas FemtoPeta Technology, EApproachS, Kalamazoo Natural Solutions e Kionova. Para conhecer cada uma das novas incubadas e os empreendedores responsáveis pelas startups, confira as matérias que estão sendo publicadas semanalmente no site do Parque Científico e Tecnológico da Unicamp e acompanhe a Agência de Inovação Inova Unicamp nas redes sociais. 

 

Conheça as incubadas: https://parque.inova.unicamp.br/comunidade/

Confira os ambientes disponíveis no Parque: https://parque.inova.unicamp.br/salas/

Conheça o processo de incubação na Incamp: https://parque.inova.unicamp.br/traga-sua-empresa/incubadas/